vislumbres sobre visualidade

Archive for the ‘vídeo’ Category

O Density Design, laboratório da Politecnico di Milano (Itália), teve a ótima idéia de criar videos para explicar o desenvolvimento de suas visualizações de dados. O objetivo do grupo era demonstrar o potencial de se criar análises complexas sobre fenômenos sociais através de dados coletados na internet, assim como apresentar as diversas metodologias de pesquisa e as ferramentas utilizadas em cada processo.

O video abaixo é apenas um dos exemplos que encontra-se no site.

3 Dreams Of Black, do realizador Chris Milk, é um projeto experimental que demonstra as capacidades do WebGL do Google Chrome, levando a experiência interativa para o Pc(ou Mac) de qualquer um, com geometria tridimensional e livre controle de navegação em tempo real. Ou seja, você navega pelo videoclipe!

Há outros exemplos disso, também do Chris Milk, como o videoclip interactivo de “The Wilderness Downtown” da banda Arcade Fire.

Nota: para assistir aos vídeos, é necessário utilizar o Google Chrome.

Ao longo de suas aulas de estatística, o professor sueco Hans Rosling foi percebendo que existem muitas ideias pré-definidas nos estudantes sobre temas de tendências globais, como expectativa de vida, mortalidade infantil, taxas de pobreza entre outros.  Segundo o professor, é necessária uma melhor comunicação na transferência desses dados para a população.

Pensando nisso, começou a desenvolver um software que apresentasse essas informações de forma clara, intuitiva, divertida e inovadora. O resultado mostra notícias surpreendentes sobre o desenvolvimento global, desmascarando alguns mitos existentes. Nas mãos de Hans, tendências mundiais na área da saúde e economia ganham vida. Como por exemplo, em sua relação entre taxa de fertilidade e expectativa de vida, onde ele mostra as mudanças ao longo das décadas, desmistificando a ideia de que locais com alto índice de fertilidade possuem uma menor expectativa de vida. Para isso são utilizadas bolhas coloridas representando os países, e sua variação de tamanho é proporcional ao tamanho da população, uma animação é criada para mostrar as modificações dos dados ao longo das décadas.

Nesse vídeo, Hans apresenta um pouco sobre seu trabalho e suas experiências, de forma interessante e divertida, vale a pena conferir.

Dirty Data

Posted on: 13/08/2011

Você já pensou o quanto de energia está gastando ao navegar na web?

A internet revolucionou nossas vidas, e a cada dia necessitamos mais dela para diversos fins no nosso dia-a-dia, mas o que acontece com a quantidade imensa de dados que geramos? Para maioria de nós, o conceito de computação em núvem, passa a impressão de que esses dados estão pairando pelo ar, ou vão para alguma outra dimensão, mas na verdade necessitam de imensos server farms para serem armazenados. Empresas como Google, Facebook e Amazon, utilizam enormes data centers que consomem tanta energia quanto uma indústria e a grande maioria delas ainda faz uso de energias poluentes e não-renováveis.

Há dois séculos atrás, quando deu-se o início  da Revolução Industrial, ainda não se sabia os danos que o uso de certas fontes de energia causariam ao meio ambiente. Hoje, a Revolução Digital acontece dentro de um contexto onde todos têm a consciência desses efeitos e dispomos de novos recursos e tecnologias que diminuem o impacto ambiental, mas ainda assim, empresas da vanguarda digital, continuam à consumir energia como nossos antepassados faziam.

fonte: How dirty is your data? (Greenpeace).

O vídeo de Patrick Clair, é um bonito e interessante infográfico que nos ajuda a visualizar melhor as dimensões desses fatos.